A grande caçada aos clientes internacionais: algumas dicas valiosas para facilitar sua busca

Atualizado: Set 27

Tenho certeza que em algum momento, desde que o seu negócio começou a funcionar, você se viu em meio a uma selva, onde ao mesmo tempo em que se encontram inúmeras oportunidades, existem grandes perigos. Nesse ambiente, em meio a presas e predadores, você é diariamente obrigado a caçar e a se defender para manter-se vivo e garantir a sobrevivência do seu negócio.




Porém, tão complexo quanto iniciar uma caçada na selva, você e sua equipe provavelmente devem se deparar com a tarefa mais difícil de um negócio: encontrar clientes. Como todo mundo já sabe, ter clientes é essencial para qualquer empresa. Seja vendendo produtos ou serviços, seu negócio precisa deles para sobreviver, e quanto mais clientes melhor! Entretanto, encontrar esses clientes não é tão simples quanto parece, principalmente quando se trata de clientes internacionais.


Assim como na caça, essa tarefa exige muitas habilidades. Para você não perder mais tempo e ser mais assertivo, vou te passar algumas dicas que irão te ajudar a encontrar suas presas e a conquistá-las.


Mas lembre-se, antes de iniciar a caça, é importante que você esteja preparado e já tenha dado os primeiros passos, como comentei nesse outro texto aqui.



gif

  1. Identificando suas habilidades

Imagine-se em uma selva.


O sol ainda está nascendo, você acabou de chegar nesse novo lugar e já consegue escutar sua barriga roncando de fome. Você precisa comer, mas o que comer?


Ao olhar ao seu redor, você se depara com uma grande variedade de frutas e plantas, mas você sabe que precisa de mais do que só isso. Você quer comer até não aguentar mais, sentir-se saciado e garantir que tenha ao menos um pouco de comida para o dia seguinte. Ou seja, você precisa caçar!


Antes de mais nada, para que isso aconteça, você precisa saber o que você consegue caçar. Ou seja, quais são suas habilidades? Você tem energia para correr atrás de uma presa? Quais são suas armas? Você está sozinho ou em grupo? Sabe montar armadilhas?


Caçar um elefante é totalmente diferente de caçar um javali, por isso, nesse primeiro momento, você precisa olhar para si mesmo!


Identifique o que você, sua equipe e sua empresa têm a oferecer e o quanto de gás têm para queimar. A caça ao cliente demanda tempo, dedicação e muita resiliência para conseguir alcançar algum resultado. Se feita de forma planejada e em harmonia com o ambiente em que você se encontra, essa caçada tem tudo para dar certo.




  1. Definindo onde caçar

Uma vez que você já identificou suas habilidades e capacidades, é hora de definir onde caçar.


Nesse ponto, você precisa definir em que local vai caçar. Não adianta ficar andando pela selva inteira até encontrar sua presa, dessa forma você vai gastar muita energia e pode ficar mais perdido do que já está.


Em um mundo com inúmeros países, é essencial que você defina por onde vai começar. Com isso, você consegue concentrar todas suas forças para atrair um cliente. Além disso, ao canalizar sua atenção a um país ou região, você vai entender um pouco melhor os hábitos e definir qual a melhor forma para atacar.


Se você ainda não sabe como definir o país ideal para investir seus esforços, dê uma olhadinha nesse texto aqui (“Não perca dinheiro: defina suas metas com informações!”)




  1. De olho na presa

Não se engane pensando que as presas são ingênuas. Assim como você, para se manterem vivas, elas aprenderam a atacar e se defender.


Em um ambiente repleto de armadilhas, competidores e predadores, seus clientes sabem muito bem identificar suas fraquezas e exigir o máximo do seu esforço para conquistá-los. Por isso, agora que você já sabe onde caçar, é hora de definir quais as possíveis presas que você vai buscar.


Aqui, você vai precisar colocar todas as suas habilidades de pesquisa, observação e comunicação. Utilize ferramentas de baixo custo, pesquise na internet, observe os canais de comunicação do seu setor, converse com entidades representativas, entre em contato com a SECOM do país que você definiu como prioritário, encontre câmaras de comércio.


Essa etapa vai exigir bastante do seu tempo e é importante que você se mantenha firme nessa busca. Colete todas as informações possíveis, como e-mail, telefone, WhatsApp, nome do responsável, redes sociais, site oficial e até data de nascimento e/ou fundação da empresa. Informação nunca é demais.


Uma vez coletadas as informações, você vai ter dados o suficiente para entender um pouco mais de cada cliente e traçar as melhores estratégias para conquistar seu objetivo. E lembre-se, quanto mais contatos você tiver, maior a chance de efetivar uma venda.




  1. É hora de agir

Agora que você já tem os dados coletados, é hora de agir!

Observe atentamente o que está nas suas mãos. Se você se dedicou suficientemente, você provavelmente possui uma lista com algumas dezenas (ou centenas) de contatos.


Eles ainda não sabem que você está de olho neles e você está prestes a atacar.


E, se você chegou até aqui, tenho certeza que você quer muito saciar sua fome, mas não aja impensadamente para não gastar sua energia em vão.


Depois de identificar suas habilidades, definir o local da caça e encontrar suas presas, agora é hora de planejar estrategicamente como agir.


Existem inúmeras formas para você abordar seus clientes, seja direta ou indiretamente, sendo por ligação, WhatsApp, Redes Sociais, E-mail ou, até mesmo, presencialmente. Por isso, para definir a melhor estratégia você precisa 1) reconhecer suas habilidades; 2) entender quem são seus contatos.


Em um primeiro momento, você vai precisar relembrar as habilidades que elencou lá atrás. Se você é comunicativo e está em dia com seu inglês e/ou espanhol, pode ser que a ligação seja ideal para você. Por outro lado, se você prefere ir com calma e gosta de ousar na criatividade, uma campanha de e-mail marketing te ajudaria mais. Existem inúmeras possibilidades, use e abuse dos seus potenciais!


Em seguida, analise seus contatos. Provavelmente, eles devem receber uma gigantesca quantidade de “ataques” diariamente, então seja preciso. Identifique quais produtos eles possuem em suas lojas, pesquise um pouco sobre o público deles e elenque quais dos seus produtos estão mais alinhados com as demandas deles.


Além disso, note se ele participa ou já participou de alguma feira ou rodada internacional, se ele já compra produtos brasileiros e se está aberto para ouvir uma proposta sua.


Depois disso, só resta atacar!


Seja confiante, esteja preparado e tente passar todas as qualidades da sua empresa e dos seus produtos! Pense que você tem apenas alguns segundos para dar o bote e precisa conquistar sua presa o mais rápido possível.


Por isso, é ideal que você tenha um pitch de vendas preparado! Isso vai te auxiliar em todas as etapas ao longo da caçada. É uma poderosa arma para prender suas presas.




  1. Vou ter que caçar todos os dias?

Como você viu, caçar seus clientes não é tarefa fácil. Ela exige tempo, dedicação e muito esforço. Você vai ter que gastar energia e ser muito resiliente para conseguir seus primeiros resultados.


Já vou te avisando: vão ser muitos “nãos” antes de conseguir um “sim”. Então treine, aperfeiçoe suas habilidades e adapte suas técnicas, dia após dia, você vai melhorar e conseguir entender melhor o processo.


E, diferentemente de caçar, você precisa cuidar muito bem dos seus clientes para continuar alimentando seu negócio. Depois de “caçar”, é necessário que você acalme, treine e alimente seu cliente. Com isso, você vai garantir que ele te traga mais pedidos e continue fiel ao seu negócio.


Para isso, é importante que você sempre esteja muito próximo do seu cliente. Identifique suas dores, seus principais gargalos e pontos fortes, assim você pode direcionar melhor suas vendas e fidelizá-lo.


Além disso, tenha um catálogo sempre atualizado, o envolva com postagens e e-mails sobre seus produtos, pois ele vai continuar sendo visado por outros caçadores. A ideia agora é que ele não tenha motivos para sair de perto de você.


Ficou com alguma dúvida? Tem algum comentário? Quer me contar



seus sonhos e planos? Pode me mandar mensagem no WhatsApp +55 16 99724 0981, me chamar no Linkedin ou deixar seu contato aqui embaixo que eu mesmo te chamo.


Até mais!







8 visualizações0 comentário